quarta-feira, 13 de abril de 2011

Teu seqüestro


Estou aqui planejando os detalhes do seqüestro que farei.
Sem comparsas nem testemunhas: só eu e você.
No fatídico dia, sem levantar suspeitas, colocarei a minha melhor roupa.
Perfume de primeira pra impressionar, afinal a primeira impressão que se perpetua.
Nada pode dar errado. Começando pelo carro que escolhi.
Espaçoso, confortável, elegante. Afinal, a seqüestrada tem classe.
No dia e no local combinados (seqüestro consentido) abrirei a porta, com um olhar sedutor, curvarei-me diante da raptada, com os braços estendidos e as mãos espalmadas,  convidarei-te a entrar. Detalhe: sem nenhuma palavra, só gestos cavalheiros.
O cativeiro? Coisa de cinema: ar condicionado previamente ligado, essências perfumadas no ar, banheira quentinha com seus sais prediletos, pétalas de rosa espelhadas pela cama, balde com gelo e Chandon. Tudo milimetricamente calculado. Afinal este é um seqüestro pra impressionar.
O pior ainda está por vir. Com requintes de crueldade, planejo uma seção de torturas.
Depois de amarrá-la, com lenços de seda à cabeceira da cama, começarei beijando seus pés bem lentamente, dedinho por dedinho, passo a passo, subindo sem pressa ou afobamento: lembre-se é uma tortura.
Você lá estendida, inerte e impotente pedirá que continue e eu, como bom torturador, negarei... não é seqüestro relâmpago...pra que tamanha ansiedade?
Resgate? Pra que? Quem eu mais desejo, estará lá, inteirinha só pra mim.
O final da história?
Sua alma raptada, seguida de uma Síndrome de Estocolmo:
você completamente apaixonada, me pedindo, com carinha de “quero mais”, que repita a dose quantas vezes eu quiser.
E assim será, profetizo.

3 comentários:

ilana Odorico ზ disse...

ótimo texto. me remete muito a um livro que eu ja li. (O colecionador - de john fowles) que é ótimo tbm.

Célia Ramos disse...

MUITO BOM, COMO SEMPRE! FELICITAÇÕES À SEQUESTRADA! RSRSRSRS....PARABÉNS DE NOVO E SEMPRE!

Eugenia disse...

3- Quisera eu ser essa refém. Muito linda, parabéns.