quinta-feira, 22 de julho de 2010

Bruna


De nome morena,
de pele branquinha
doce Bruna menina
minha doce filhinha

Seus olhos grandes
brilham e iluminam
puro encanto, puro sonho
a sua volta, todos fascinam

Minha vida ganhou cor
meu dia ganhou luz
sem você tudo se apaga
sua alegria que me conduz

Quietinha no seu canto
com paciência e jeitinho
conquista com um sorriso
tanto amor e carinho

Este mundo seria outro
como o velho poeta diz
se todos fossem como você
tudo seria mais feliz

Minha alma se deprime
meu coração fica apertado
vou levando, fico triste
por não tê-la ao meu lado

Não se esqueça minha pequena
grave como se fosse lição
meu amor por você é tudo
minha vida, meu coração

De um pai que se considera o cara mais sortudo do mundo: por ter a Bruna e pelos 5 filhos que tem.
Amo vocês!

Um comentário:

Paula Corrêa disse...

LINDOO, quanto amor de pai há dentro do seu coração, tenho certeza que seus filhos tem orgulho de ter um pai como voçe!